Baixa qualidade do esperma – Estudos recentes acabam de apontar fatores de risco para a infertilidade e outras anormalidades testiculares nos homens. Este tema foi amplamente abordado no último ESHRE ( Congresso Europeu de Embriologia e Reprodução).
Os pesquisadores descobriram que a exposição da mulher gestante a poluentes ambientais, tabagismo e padrões alimentares pouco saudáveis pode prejudicar a saúde reprodutiva de um feto masculino, afetando, na vida adulta, a contagem de espermatozoides e até câncer testicular. Além disso, a influência genética, incluindo hábitos da dieta do pai e do avô paterno, também influenciam o desenvolvimento embrionário e fetal, trazendo problemas futuros.
Eles observaram riscos de hipertensão, doenças cardiovasculares e diabetes. Os estudos dizem ainda que a qualidade do sêmen pode ser um marcador para a saúde geral dos homens. O câncer de testículo, por exemplo, está associado à redução da qualidade do sêmen e à diminuição da fertilidade antes que o câncer seja diagnosticado. Ou seja, a saúde futura de um filho é, de certa forma, determinada durante a sua gestação, por isso a importância de homens e mulheres levarem um estilo de vida mais saudável no período pré-concepcional e durante toda a gestação. Saiba mais sobre os tratamentos de reprodução assistida no site clinicaprogest.com.br ou ligue para (51) 3222.7699.

Recommended Posts