A baixa reserva ovariana está relacionada

com idade materna avança

Baixa Reserva Ovariana – Anos antes de uma mulher aparentar uma idade avançada ela já pode ter atingido a chamada ” idade materna avançada”, termo utilizado pelos especialistas para classificar mulheres acima de 38 anos . Se você já passou dos 38 anos, está vivendo um marco para a fertilidade sem se dar conta. É que a partir desta idade, o ovário é considerado envelhecido, produzindo óvulos de qualidade mais baixa. A mulher entra numa nova fase capaz de dificultar uma futura gestação – é a chamada Baixa Reserva Ovariana.

Isso não significa que acabaram as chances de engravidar, mas sim que este processo é mais difícil e com um risco aumentando tanto para a mãe quanto para o futuro bebê. Fale com o seu médico sobre a Baixa Reserva Ovariana.

A “idade materna avançada “não é a única causa da diminuição dos óvulos. A menopausa precoce, tratamentos como quimioterapia e radioterapia, tabagismo, obesidade e o consumo de anabolizantes também provocam o problema.

Os tratamentos de reprodução assistida são capazes de reduzir muitos dos riscos da idade materna avançada, mas o que mais preocupa os especialistas é que a baixa quantidade de óvulos é prejudicial para os tratamentos , além disso os mesmos tem um alto risco de alterações genéticas. É possível verificar os problemas com o diagnóstico genético do embrião (PGS). Para ter mais sucesso nos procedimentos, o uso de óvulos doados acaba sendo uma alternativa mais eficiente.

Antes de chegar nesta etapa, os médicos tentam ainda a estimulação ovariana, com o uso de medicamentos para ativar os óvulos adormecidos, que não se desenvolveram naturalmente. O sucesso deste trabalho vai depender da idade e do nível de infertilidade da mulher. As pesquisas para o rejuvenescimento do ovário estão avançadas, inclusive, com o uso de células-tronco.

Se você deseja ser mãe e o tempo está passando, fique de olho! Conhecer o seu corpo e os tratamentos que a medicina já tem, vão fazer diferença na realização deste sonho. Saiba mais emwww.clinicaprogest.com.br ou pelo (51) 3222-7699.

 

Recommended Posts